<body>


EVANGELIZARTE
O Nome do nosso Deus é já (Sl.68.4)

O grupo teatral EVANGELIZARTE foi criado em 10/10/1991. Surgiu da necessidade de se dar um nome ao grupo de teatro da mocidade da ADPenha que começava a levar o seu trabalho para outras igrejas atendendo convites. Reunidos no salão de festas da sede antiga, vimos o nome surgir naturalmente: simbiose do evangelho da graça de Nosso Senhor Jesus Cristo com a arte dramática, dádiva perfeita vinda do Pai das Luzes (Tg 1.17). Um nome que representava o nosso compromisso de apresentar o nosso Deus, de uma forma que mexesse com os sentidos, a imaginação e a emoção das pessoas.
Naquela ocasião o repertório do grupo era de apenas uma peça que, até mesmo por falta de opção, apresentamos em diversas igrejas.
Quatorze anos se passaram. O trabalho cresceu, se espraiou, ganhou maturidade num longo e persistente caminho percorrido até aqui: hoje o grupo contabiliza mais de 20 textos encenados, 500 apresentações em igrejas de diversas denominações, praças públicas, bares, shows e até num baile funk! Um grande número de almas foi alcançado. Muita gente boa passou por aqui e, tenho certeza, ainda vai passar.
Só uma coisa não mudou: o desejo sincero do grupo que, através da arte pura, do teatro evangélico onde o Senhor Jesus é o autor, diretor e personagem central da trama, presente na vida daqueles que montaram o espetáculo, a mensagem do evangelho possa ser compreendida de forma lúdica, reflexiva e até dramática, e muita fé e desejo de servir a Deus possam brotar no coração daqueles que vierem a assistir o nosso trabalho.
Tenho imenso prazer de dirigir um grupo de jovens que descobriu que representar é uma arte e colocar esse dom a serviço do Reino é um projeto de vida fascinante. Tão maravilhoso que fez com que eles resolvessem entregar seus talentos e tempo para fazer avançar a causa do Mestre.

Ronaldo de Jesus (Diácono da igreja e Diretor do Evangelizarte)


Nossa Igreja
Assembléia de Deus na Penha
Rua Montevidéo, 1191
Penha - Rio de Janeiro - RJ

www.adpenha.com.br
Presidente:
Pastor  José Santos
Vice-presidente:
Pastor Silas Malafaia

www.prsilasmalafaia.com.br


domingo, abril 24, 2005


Texto retirado do blog da NANI - Click aqui pra conhecer.

A Força do Amor

Como qualquer mãe, quando Karen soube que um bebê estava a caminho, fez todo o possível para ajudar o seu outro filho, Michael, com três anos de idade, a se preparar para a chegada. Os exames mostraram que era uma menina, e todos os dias Michael cantava perto da barriga de sua mãe. Ele já amava a sua irmãzinha antes mesmo dela nascer. A gravidez se desenvolveu normalmente. Entretanto, surgiram algumas complicações e o trabalho de parto de Karen demorou horas. Todos discutiam a necessidade provável de uma cesariana. Até que, enfim, depois de muito tempo, a irmãzinha de Michael nasceu. Só que ela estava muito mal. Com a sirene no último volume, a ambulância levou a recém-nascida para a UTI neonatal do Hospital Saint Mary.
Os dias passaram. A menininha piorava. O médico disse aos pais:

- Preparem-se para o pior. Há poucas esperanças;

Karen e seu marido começaram, então, os preparativos para o funeral. Alguns dias atrás estavam arrumando o quarto para esperar pelo novo bebê. Hoje, os planos eram outros. Enquanto isso, Michael todos os dias pedia aos pais que o levassem para conhecer a sua irmãzinha.

- Eu quero cantar pra ela. - Ele dizia.

A segunda semana de UTI entrou e esperava-se que o bebê não sobrevivesse até o final dela. Michael continuava insistindo com seus pais para que o deixassem cantar para sua irmã, mas crianças não eram permitidas na UTI. Entretanto, Karen decidiu. Ela levaria Michael ao hospital de qualquer jeito. Ele ainda não tinha visto a irmã e, se não fosse hoje, talvez não a visse viva. Ela vestiu Michael com uma roupa um pouco maior, para disfarçar a idade, e rumou para o hospital. A enfermeira não permitiu que ele entrasse e exigiu que ela o retirasse dali. Mas Karen insistiu:

- Ele não irá embora até que veja a sua irmãzinha!

Ela levou Michael até a incubadora. Ele olhou para aquela trouxinha de gente que perdia a batalha pela vida. Depois de alguns segundos olhando, ele começou a cantar, com sua voz pequenininha:

- Você é o meu sol, o meu único sol. Você me deixa feliz mesmo quando o céu está escuro...

Nesse momento, o bebê pareceu reagir. A pulsação começou a baixar e se estabilizou. Karen encorajou Michael a continuar cantando.

- Você não sabe, querida, quanto eu te amo. Por favor, não leve o meu sol embora...

Enquanto Michael cantava, a respiração difícil do bebê foi se tornando suave.

- Continue, querido! - Pediu Karen, emocionada.

- Outra noite, querida, eu sonhei que você estava em meus braços...

O bebê começou a relaxar.

- Cante mais um pouco, Michael.

A enfermeira começou a chorar.

- Você é o meu sol, o meu único sol. Você me deixa feliz mesmo quando o céu está escuro... Por favor, não leve o meu sol embora...

No dia seguinte, a irmã de Michael já tinha se recuperado e em poucos dias foi para casa. O Woman's Day Magazine chamou essa história de "O milagre da canção de um irmão". Os médicos chamaram simplesmente de milagre. Karen chamou de milagre do amor de Deus.

NUNCA ABANDONE AQUELE QUE VOCÊ AMA. O AMOR É INCRIVELMENTE PODEROSO.




Agenda

 

FEVEREIRO 2009

NENHUM EVENTO AGENDADO

 
Orkut

Comunidade:
Grupo Evangelizarte

 
HDaVirtual 

Aqui você pode baixar:

- efeitos sonoros

- peças

- trilhas

- dicas

Você também pode "upar" seus arquivos ligados ao teatro. Aproveite!

HD VIRTUAL
 

 
Arquivos
 
Sites
 
Blogs


Blog da Jozyanne

Te amo meu Jesus!

Cantinho da Jac

Gifs prá Jesus


Divulgue o nosso trabalho!
Coloque o nosso button no seu blog.








usuário(s) online

T e m p l a t e b y IVAN LESSA